5 Dicas Para Não Cair em Ciladas com Advogado especialista em revalidar diploma na Itália

Advogado especialista em revalidar diploma na Itália

Contratar um advogado para sua revalidação de diploma na Itália é uma tarefa difícil. 

 

Principalmente, pela quantidade de profissionais espalhados por aí.

 

E sabemos que muitos deles podem não ser os mais adequados para resolver o seu problema em outro país.

 

No entanto, eu vou te dar uma luz por meio de 5 dicas que separei especialmente para você, logo abaixo.

 

São dicas baseadas em nossa experiência na área de revalidação de diplomas no exterior. E elas ajudarão com que você não caia em ciladas.

 

Desta maneira, você conseguirá contratar os serviços do melhor advogado para o seu caso.

 

Curioso para conhecer essas dicas? Continue comigo, aqui no conteúdo, pois aqui eu te conto tudo.

1. O que faz um advogado especialista em revalidação de diploma na Itália?

A maioria dos advogados busca especialização em uma das várias áreas do Direito.

 

Por exemplo, existem profissionais de áreas como:

 

  • Direito Previdenciário;
  • Direito de Família;
  • Direito Penal;
  • Direito tributário
  • Entre outras especialidades.

Com a área de diplomas, a situação não é diferente.

 

O Advogado especialista em revalidar diploma na Itália é o especialista em direito internacional privado.

 

É ele que tem conhecimento sobre todas as especificidades que essa área carrega.

 

Na prática, o advogado previdenciário cuidará, por exemplo, de:

 

Dá para perceber que são muitas coisas.

 

Por esse motivo, alguns advogados internacionalistas cuidarão, somente, de revalidação de diplomas estrangeiros ou revalidação de diplomas no exterior, por exemplo.

 

Além disso, os profissionais poderão ser especialistas em um único serviço de revalidação.

 

Para você entender melhor, te explico que existem “tipos” de revalidação diferentes na Europa.

 

Vou deixar o exemplo das principais modalidades de revalidação em Portugal:

 

  • Reconhecimento automático
  • Reconhecimento de nível
  • Reconhecimento específico

Cada tipo de Revalidação terá as suas regras específicas. Com isso, será tarefa do profissional estudar e ficar sempre atualizado.

 

Então, quando falo de um advogado especialista em revalidar diploma na Itália, me refiro aos profissionais que saberão sobre as regras e procedimentos envolvidos.

 

Explicado isso, passo às dicas de ouro para você não cair em ciladas com advogados.

Vamos lá?

Dica 1: verificar se o advogado é especialista no seu problema.

Como acabei de falar, o advogado poderá se especializar em várias áreas do Direito.

 

E, mesmo assim, dentro de cada uma dessas áreas, poderão existir especificidades.

 

Como citei, o advogado poderá optar por mexer somente com vistos, cidadanias ou revalidação de diplomas, entre outros benefícios do Direito internacional.

 

Portanto, a primeira dica será você verificar qual é a especialidade do seu advogado.

 

Quanto mais específico ele for, melhor ele será.

 

Você não quer que um advogado sem experiência no Direito internacional trate do seu caso, né?

 

Então, vamos imaginar que você tenha pensado em revalidar o seu diploma na Itália.

 

Com esse Plano, o seu objetivo será conhecer todas as alternativas para obter o melhor custo benefício para revalidar o seu diploma no exterior.

 

Para isso, você precisará de um advogado internacionalista especialista neste serviço.

 

Poderá ser, até, que um profissional especializado em cidadania entenda de revalidação de diploma na Itália.

 

Porém, como a revalidação não é o foco desse advogado, talvez ele não seja a melhor opção.

 

O ideal será você pesquisar se esse profissional tem alguma especialidade dentro do Direito Internacional.

 

E, depois, será importante verificar se ele tem uma experiência focada no objetivo que você procura. Ou seja, permitir que você exerça a sua profissão na Itália.

 

Vamos em frente 

Dica 2: pesquisar OAB, redes sociais

Outra dica de ouro será você pesquisar tanto sobre o advogado, quanto sobre o escritório de advocacia onde ele atua.

 

Essa pesquisa poderá ser realizada, facilmente, na internet.

 

Você poderá entrar no Cadastro Nacional de Advogados (CNA) e verificar se o profissional é, de fato, um advogado.

 

No CNA, também existirá a informação se o profissional pertence, ou não, a uma sociedade de advogados.

 

Nesta pesquisa você descobrirá se o advogado está regularizado na OAB, através do status regular.

 

Caso o status esteja diferente disso, pode significar que a permissão do advogado está suspensa.

 

Então, fique esperto! Pois é o seu futuro que está em jogo.

Dica 3: verificar se o profissional compartilha conteúdo na internet

Um bom advogado se mede pelo seu conhecimento, geralmente esses profissionais compartilham conhecimento através de conteúdo, como este.

 

Eu faço referência a artigos ou a publicações que tenham a capacidade de ensinar a população sobre os seus direitos.

 

Para isso, será bacana pesquisar se o profissional compartilha seus conhecimentos ou se possui um blog com assuntos pertinentes e atualizados sobre esse assunto.

 

Consumir esse conteúdo é um bom jeito de saber se o profissional realmente entende do assunto, não acha?

Dica 4: verificar as avaliações e recomendações do profissional no Google

Um bom advogado ou escritório internacionalista também terá ótimas avaliações no Google.

 

Sabe, por exemplo, quando você tem dúvidas sobre um serviço ou produto e procura a experiência de outras pessoas?

 

Nesta situação, eu imagino que você jogará o nome da empresa ou produto no Google e verificará o que as pessoas têm comentado sobre a qualidade.

 

Não é mesmo?

 

Ao procurar um advogado a situação deve ser a mesma, pois ele também é um prestador de serviço.

 

E ninguém melhor do quem já foi cliente para informar se o advogado é bom e atencioso.

 

Então, será muito importante você verificar a nota e os comentários deixados para esse profissional, no Google.

 

Isso fará você ter acesso a uma avaliação dos serviços prestados.

 

Por exemplo, aqui no Albieri Advocacia possuímos a nota de 4,9 de 5.

Dica 5: cuidado ao escolher apenas pelos honorários

Caso você não saiba, os honorários serão os valores pagos pelos serviços prestados por cada advogado.

 

Assim como todo serviço, os valores para a contratação de um profissional em Direito internacional poderão variar, e muito.

 

Quanto maior a experiência do advogado, maior poderá ser o valor dos honorários.

 

Tem profissional que cobra em euro, dólar ou em real,

 

Mas muito cuidado ao escolher um profissional internacionalista apenas pelo valor do serviço.

 

Com certeza você já fez a cotação de diversas pessoas para o mesmo serviço.

 

Enquanto alguns preferem a agilidade na entrega, outros optam pela qualidade, assim como há aqueles que escolhem um profissional pelo preço.

 

Porém, quando falamos de revalidação de diplomas, você deverá ser mais rigoroso.

 

Este processo pode mudar não só a sua vida, mas a de toda a sua família. 

 

Exemplo:

 

Imagine que você tenha contratado o advogado mais barato para cuidar do seu processo de revalidação de diploma estrangeiro.

 

Apesar do preço, o profissional não é especialista em Direito Internacional, tem poucas recomendações no Google e, ainda por cima, não se interessou pelas peculiaridades do seu caso.

 

O resultado será evidente, o seu pedido de revalidação não será concedido, ou, então, você terá que cursar toda a faculdade novamente.

 

Você acha que não valerá o investimento em um bom profissional para cuidar do assunto?

 

Existem milhares de advogados espalhados pelo Brasil.

 

Com certeza, você poderá achar um que te cobrará um preço justo.

 

Até que ponto isso te ajudará a conseguir o pretendido? Pense comigo!

 

Aliás, eu te aviso que existirá um valor mínimo e um valor máximo que o advogado deverá cobrar em relação aos serviços prestados.

 

Os valores são regulamentados pela OAB de cada estado através da tabela de honorários.

 

Verifique sempre os limites impostos pela OAB e desconfie de quem cobra muito caro ou muito barato.

Conclusão

Neste conteúdo, você ficou por dentro de 5 dicas essenciais para não cair em ciladas com um advogado especialista em revalidar diploma.

 

Fique atento a todas elas e lembre-se de utilizá-las quando você for procurar por um profissional para cuidar do seu caso.

 

Como o assunto é delicado, você deve tomar muito cuidado na hora de escolher qualquer advogado.

 

Essa escolha reverbera também na sua família, dependendo da sua situação.

 

Portanto, leia e releia este conteúdo, quantas vezes achar necessário.

 

Inclusive, você conhece alguém que também precisa saber de todas essas dicas?

 

Compartilhe o artigo com os seus conhecidos, amigos e familiares via WhatsApp.

 

Quanto mais pessoas souberem de como não cair em ciladas, melhor, não acha?

 

Agora, eu vou ficar por aqui. Até breve!

0 0 Votos
Classificação do Post
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você também pode se interessar por:

  • All
  • Direito Imobiliário
  • Direito Militar
  • Homologação de Sentença Estrangeira
  • Outras áreas de atuação
  • Revalidação de Diploma Estrangeiro
  • Revalidação de Diploma no Exterior
Como Revalidar seu Diploma na Espanha

Imagine viver em um país onde a qualidade de vida é exemplar, a segurança é prioridade e as oportunidades de carreira são infinitas. Agora, imagine que tudo isso está ao seu alcance, mas depende de um passo crucial: a revalidação do seu diploma. Se você acha que esse processo é complicado, burocrático e quase impossível de ser concluído, continue lendo. Vamos revelar o segredo que está transformando a…

Médico brasileiro pode trabalhar na Espanha

Uma das perguntas que mais recebemos pelos nossos clientes aqui do Albieri advocacia é: “Médico brasileiro pode trabalhar na Espanha?”.  Quando a maioria dos médicos pensa em uma carreira internacional, as dúvidas  vêm logo à tona – o que é super compreensível, pois estamos falando de uma mudança de vida 360 graus. Portanto, se você sonha com uma carreira internacional, tem dúvidas sobre  o caminho mais seguro para…

06 Passos para ser médico na Itália

Todo ano, milhares de pessoas se formam em medicina no Brasil, muitas delas buscando melhores condições de vida e exercer a tão sonhada medicina. Ocorre que nem sempre a conclusão da universidade se traduz em viver o sonho, logo os plantões extenuantes, a desvalorização e a insegurança se impõe em um rotina sufocante. Nesse caso, compreender as alternativas é um grande diferencial a quem deseja viver bem e…

Prev
123
0
Clique aqui para fazer um comentário nesse post.x
× Como posso te ajudar?