Como funciona a revalidação de especialidade médica em Portugal

Como funciona a revalidação de especialidade médica em Portugal

1- Introdução

Se você está lendo este conteúdo é porque de alguma forma o tema revalidação de diploma em Portugal  lhe interessa e queremos acrescentar algumas informações preciosas que irão lhe ajudar a planejar não apenas este processo de reconhecimento do seu título de médico, mas também e, principalmente, sobre os procedimentos para a revalidação da sua especialidade em Portugal.

 

 

É bem verdade que muitos profissionais da saúde têm emigrado, não apenas visando melhores condições de trabalho, mas, sobretudo, segurança e qualidade de vida.

 

 

Por estes fatores Portugal tem se destacado e recebido muitos imigrantes brasileiros.

 

 

Saiba mais: oportunidade para médicos brasileiros na Itália

 

 

É tendência que os profissionais brasileiros na área da saúde ganhem cada vez mais espaço em Portugal, seja em razão da facilidade da língua, seja pela qualidade da formação médica no Brasil ou mesmo por protocolos de cooperação internacional entre estes países-irmãos que facilitam os trâmites burocráticos.

 

 

Ainda que o profissional não tenha interesse em se mudar para Portugal, não restam dúvidas que ter a revalidação concluída é a chave para ótimas oportunidades que irão surgir.

 

 

Eu sempre defendo para os meus clientes que a revalidação é um investimento e mesmo que você não queira trabalhar agora em Portugal, pelo menos você já garantiu uma alternativa profissional para você e toda a sua família.

 

 

Lembrando que através de Portugal, cumprindo alguns requisitos, é possível alcançar outros países da União Europeia.

 

 

Sem mais delongas, queremos que você tenha o máximo de informação possível de como funciona a  revalidação de especialidade médica em Portugal. 

2- Como funciona a revalidação de especialidade médica em Portugal?

A primeira informação que se deve ter em conta é que a submissão de pedido de revalidação/reconhecimento de uma especialidade médica feita no Brasil é dirigida à Ordem dos Médicos portugueses.

Isto implica dizer que o profissional já revalidou o seu diploma no país e também já efetuou a sua inscrição na referida Ordem. 

Aliás, a Ordem dos Médicos em Portugal, apenas a título comparativo, assemelha-se ao Conselho Federal de Medicina brasileiro.

Pois bem, o processo de revalidação das especialidades médicas em Portugal é subjetivo e levará em conta aspectos técnicos acerca da formação e, principalmente, do exercício profissional do médico naquela área que se pretende revalidar.

Por muito tempo criou-se um mito de que não é possível revalidar em Portugal uma especialidade feita no Brasil.

Esta informação não é verdade! Porém, é preciso salientar que de fato a análise para se obter a revalidação de especialidade médica em Portugal passa por um júri.

O júri é composto por especialistas integrantes da sua especialidade e irá analisar o pedido e apreciará, dentre outras coisas, o tempo de formação, tempo de exercício da especialidade, e claro, farão uma análise curricular minuciosa para lhe deferir ou não o exercício da especialidade médica no país.

Lembrando que a revalidação da graduação já te permite exercer a medicina como clínico geral no país.

Deixarei aqui abaixo 4 dicas práticas que irão aumentar muitas as suas chances na hora da revalidação de especialidade médica em Portugal.

  1. Seja minucioso na elaboração do seu currículo profissional – a análise será documental então quanto mais rico é o seu currículo e sua vida acadêmica maiores serão suas chances.
  2. Não meça esforços para detalhar ao máximo e de forma criteriosa o seu histórico profissional na área da especialidade que deseja ter revalidado;
  3. Tente apurar a quantidade de procedimentos/laudos realizados ao longo da sua vida profissional (na área da especialidade) e faça menção disto em seu currículo. Lembre-se que o júri não lhe conhece e que você deve demonstrar e, se possível, comprovar os dados que apresenta;   
  4. Junte todas as provas, incluindo declarações de hospitais, trabalhos acadêmicos relevantes e premiações de forma a convencer o júri de que você é uma autoridade na sua área de atuação;

Seguindo estas dicas certamente as suas chances de conseguir revalidar a sua especialidade médica irão aumentar.

Mas atenção, conforme mencionado acima a análise do júri é bastante subjetiva e isto implica dizer que os resultados podem variar.

Neste momento cresce de importância contar com uma assessoria especializada que saberá exatamente o que fazer para garantir o seu direito.

3- Quais os documentos necessários para a revalidação de especialidade médica em Portugal?

Em relação aos documentos a serem submetidos para solicitar o reconhecimento de sua especialidade médica em Portugal é necessário esclarecer que todas as formalidades ora necessárias na revalidação do diploma de graduação serão necessárias novamente aqui, agora segue os documentos:

 

  1. Diploma Médico da especialidade cursada no Brasil;
  2.  Certidão de Equivalência do Diploma em Portugal;
  3.  Comprovativo da inscrição na Ordem dos Médicos portugueses;
  4.  Diplomas de Residência Médica realizada no Brasil;
  5.  Memorial Curricular; Declaração do CRM 

 

O memorial curricular é o elemento que exigirá maior atenção por parte dos candidatos. 

 

Nele você deverá pormenorizar ou detalhar o seu trajeto profissional de forma a demonstrar o domínio na especialidade que pretender ver revalidada.

 

Após a submissão do seu pedido de reconhecimento da sua especialidade médica, o colégio formará um júri que deliberará em 3 pontos distintos: 

 

  1. Reprovação;
  2. Aprovação imediata;
  3. Aprovação condicional

 

Sendo positiva a decisão do júri da especialidade, o candidato será inscrito e estará apto ao tão sonhado exercício da medicina em Portugal dentro da sua especialidade médica.

Conclusão

Neste artigo, você descobriu como funciona a revalidação de especialidade médica em Portugal.

 

Tanto homens quanto mulheres que possuem uma especialidade médica, têm direito a iniciar o processo de reconhecimento.

Outro fato que te explique, são os requisitos acadêmicos e documentais para dar início ao processo.



Apesar de falarem para você que o processo é muito difícil e burocrático, saiba que é totalmente possível.

 

Isso porque o processo de reconhecimento é regulado por lei e é um direito de todos que desejam ter liberdade geográfica.

 

Pense como um investimento para você e sua família, que em um  momento de necessidade pode ser uma baita alternativa.

Uma alternativa para quem não se adaptou a Portugal, é a Espanha, o país tem suas próprias peculiaridades e procedimento próprio, mas em contrapartida a língua é muito familiar.

Saiba mais em: Médico brasileiro pode trabalhar na Espanha?

 

Gostou de ler este conteúdo?

 

Se você conhece alguém que possui esse sonho, compartilhe nosso texto.

 

Abraço! Até a próxima.



0 0 Votos
Classificação do Post
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você também pode se interessar por:

  • All
  • Direito Imobiliário
  • Direito Militar
  • Homologação de Sentença Estrangeira
  • Outras áreas de atuação
  • Revalidação de Diploma Estrangeiro
  • Revalidação de Diploma no Exterior
trabalhar como dentista na Itália

1- POR QUE VIVER E TRABALHAR COMO DENTISTA NA ITÁLIA? Todos sabem que a Itália é referência em saúde, educação, segurança e qualidade de vida.  O país atraí profissionais do mundo todo que desejam ter uma carreira mais valorizada e maior qualidade de vida com a sua família, sendo possível equilibrar trabalho e lazer. Isso também é válido para o campo da Odontologia.  Além de haver um vasto…

como ser dentista na italia

Se você é dentista no Brasil e está insatisfeito com as condições de trabalho, segurança e qualidade de vida pode estar se perguntando sobre como ter uma carreira mais valorizada. Mas você sabia que é possível exercer a sua profissão na Itália sem ter que fazer uma nova faculdade para isso? Pois é!  A Itália assim como outros países da Europa possuem muito interesse em profissionais estrangeiros para…

Médico brasileiro recebendo suporte jurídico para exercer a medicina na Itália, simbolizando a transformação de carreira.

Você, médico que se sente frustrado com as condições de trabalho no Brasil, já imaginou um futuro onde suas habilidades são plenamente valorizadas e você pode exercer a medicina na Itália?  A realidade é que muitos profissionais da saúde brasileiros enfrentam desafios sérios, como sobrecarga de trabalho, baixos salários e ambiente estressante. A boa notícia é que há uma solução viável: a Itália, um país que oferece oportunidades…

Prev
123
0
Clique aqui para fazer um comentário nesse post.x
× Como posso te ajudar?