Como revalidar o diploma na França

Como revalidar o diploma na frança

É inegável que o Brasil vem passando por uma crise política nos últimos anos e isso vem afetando a qualidade de vida de todos os brasileiros.

 

Provavelmente você já pensou em alguma forma de proteger a sua família dessas vieses do país, certo?

 

E um desses pensamento é se mudar do Brasil para um outro país mais estável, acertei?

 

Pois saiba que esse tipo de pensamento não é só seu não, pois as pesquisas demonstram que pelo menos 70% dos jovens adultos desejam se mudar do Brasil pela falta de ofertas de oportunidades de trabalho.

 

Um dos destinos mais cobiçados por esses brasileiros é a França, que é um país que oferece um ótimo padrão de vida, segurança e oportunidade de trabalho.

 

O que você talvez não saiba é que é possível ir morar na França e continuar exercendo a sua profissão.

 

Isso tudo graças ao procedimento de equiparação entre o diploma brasileiro e o francês, conhecido como revalidação de diploma.

 

Se você quer saber como revalidar o diploma na França e quais são os riscos envolvidos no processo, então leia o artigo e entenda todas as peculiaridades do processo.

1. O que é o processo de revalidar o diploma na França?

Assim como disse anteriormente, o processo de revalidar o diploma na França é um processo de equiparação entre o diploma brasileiro e o francês.

 

Isso se dá pois os sistemas de educação brasileiros e francês são diferentes em carga horária, sistemática de notas e grade curricular, por isso se faz necessário um estudo de adequação.

 

Cabe dizer, portanto, que o processo de revalidação é obrigatório para exercer a sua profissão no país.

 

O que pode ser uma dificuldade inicial é o fato da França não possuir nenhum acordo com o Brasil, dessa forma não é possível requerer diretamente a revalidação do diploma brasileiro na França.

 

Contudo, é possível revalidar um diploma anteriormente revalidado em algum país Europeu na França.

 

Por isso, existe a possibilidade da revalidação em Portugal, Itália ou Espanha e posteriormente na França. 

 

Dentre esses países é importante que você saiba a diferença entre os procedimentos de revalidação, em Portugal a revalidação é feita por uma universidade e já na Itália é o próprio Ministério da saúde que realiza a compatibilização, ou não.

 

Em termos práticos eu sempre indico para quem tem uma boa noção da língua Italiana buscar a revalidação pela Itália, pois o procedimento tende a respeitar mais os prazos e a lisura do processo.

 

Mas se você não tem uma boa noção do idioma não se preocupe em relação a revalidação em Portugal, pois ela tem bons históricos de revalidação.

2. Quais são os documentos necessários para revalidar o diploma na França?

Antes de informar a lista dos documentos necessários eu preciso te atentar para os requisitos formais, pois cerca de 80% dos indeferimentos são motivados por problemas relacionados à forma como são entregues os documentos.

 

Para que você não tenha problema, certifique-se que seus documentos estão atualizados e assinados pela autoridade competente da sua universidade.

 

Muitas vezes por conta da falta de uma assinatura todo o processo é indeferido.

 

A mesma coisa se aplica em relação a rasuras.

 

Superada essa questão da formalidade dos seus documentos, deixarei aqui embaixo a lista de todos os documentos necessários para dar início a revalidação do seu diploma na França!

 

Documentos:

 

  • Fotocópia de um documento de identidade;
  • Formulário de pedido preenchido ou carta indicando o motivo do seu pedido de atestado (procura de emprego, inscrição em uma instituição de formação, concurso com a data limite de entrega da pasta, etc.); dados de contato; formação acadêmica; diploma(s) a serem atestados;
  • Fotocópia do(s) diploma(s) na língua original (não enviar originais);
  • Fotocópia da justificativa da duração oficial dos estudos ministrados pela instituição (histórico escolar, suplemento de diploma, boletim de notas, certificado de escolaridade, etc.).

3- Passo a passo para a revalidar o diploma na França.

3.1. Verifique se o seu pedido é viável

Segundo as normas franceses, o processo de equiparação de diplomas só aceita cursos que tenham mais de 200 horas/aula, mas fique tranquilo pois a maioria dos diplomas, principalmente os de ensino superior, tem em média 300 horas de aula.

 

Essa informação consta no verso do seu diploma ou na publicação em Diário Oficial que publicou a sua conclusão do curso.

 

Estando certo dessa informação, vamos para a segunda fase!



3.2. Prepare seus documentos

Essa fase consiste em separar os documentos e fazer a tradução juramentada, mas como estamos falando de um diploma em portugies não há essa necessidade de traduzir para o francês, assim como os que estão em alemão, inglês, 

Árabe, espanhol, italiano.

 

Legal né?

 

Após estar com todos os documentos em mão e está certificado que não faltam assinaturas e que não está com rasuras.

 

Vamos para a penúltima fase.

3.3. Envio do requerimento

O envio do requerimento é realizado de forma online e deve ser de um diploma por vez, para isso será necessário:

 

Faça login no seguinte link:

 

https://phoenix.france-education-international.fr/inscriptions/

 

  1. Prossiga com sua pré-inscrição. 

No final deste primeiro passo, um e-mail incluindo o número do seu arquivo que será enviado para você dentro de 24 horas. 

 

  1. Faça login clicando no link no e-mail para completar o seu cadastro.

Preencha todos os campos de cada título e, em seguida, valide suas credenciais em usando o botão verde “validar”.

 

Atenção: se você é um refugiado, solicitante de asilo ou beneficiário de proteção subsidiária, lembre-se de preencher o campo dedicado e anexar os documentos justificando seu status.

 

  1. Indique o diploma que deseja ter reconhecido usando o menu suspenso. 

Se seu diploma não está na lista, você pode escolher a menção “outro”.

 

Atenção: documentos comprobatórios só podem ser enviados na plataforma online. 

 

Não é possível enviá-los por correio.

 

Formalidades a serem cumpridas pelo interessado:

 

Transmissão de documentos comprobatórios através da digitalização: 

 

– Uma tabela resumida das diferentes partes necessárias para o processamento do seu arquivo é proposta a você;

 

– O tamanho de cada documento digitalizado não deve exceder 2 MB;

 

– Cada peça deve ser escaneada separadamente;

 

– Os anexos devem corresponder aos títulos mostrados na tabela

 

  1. Uma vez que todas as peças tenham sido carregadas, você pode validar sua entrada para prosseguir o próximo passo.

Seu pedido é então encaminhado para o ENIC-NARIC France Center. 

 

Você não tem mais a possibilidade de intervir em seu arquivo.

 

Atenção: certifique-se de indicar o diploma para o qual deseja perícia.

 

Por favor, note que nenhum reembolso será possível se você se omitiu de marcar as caixas correspondentes.

 

  1. Você receberá um e-mail de notificação confirmando o envio on-line do seu arquivo. 

Um link também será enviado para você, permitindo que você acompanhe o progresso de 

seu arquivo.

3.4. rastreamento do pedido

  1. Se o seu arquivo estiver completo é admissível, uma fatura em formato PDF para baixar será enviado a você por e-mail.

 

  1. O número de referência do Regulamento está indicado neste documento PDF. Esta questão é diferente do número de referência do seu arquivo. 

Atenção: para pagamentos por cheque ou transferência, é essencial 

para indicar seu nome e a referência do arquivo mencionado na fatura, por exemplo, FPX2021PXXXXXX.

 

 Cheques estrangeiros não são aceitos.

 

  1. Após a criação do pagamento, o centro ENIC-NARIC França realizará a avaliação especializada de seu diploma dentro de um período máximo de quatro meses.

 

  1. Uma vez validada a perícia, um certificado de comparabilidade ou reconhecimento estará disponível para você será enviado eletronicamente em formato PDF. O certificado que você receberá é o documento original. 

Nenhum certificado será enviado pelos Correios

 

  1. Você pode acompanhar o progresso do seu arquivo clicando no link que você foi enviado no e-mail de confirmação de sua solicitação.

 

Atenção: Além do que está escrito nesse passo a passo, o governo francês costuma requerer que o interessado se apresente à França para uma entrevista, por isso a fluência do idioma é um grande aliado no processo para revalidar o diploma na França.



Conclusão

Com a leitura deste artigo, você entendeu o que é e para que serve a revalidação de diploma na França.

 

Também, você soube melhor sobre os requisitos documentais e suas formalidades, assim você não cairá em armadilhas que pode te fazer perder dinheiro e tempo.

 

Por fim, você compreendeu todos os passos para revalidar o diploma na França.

 

Sem dúvidas, o processo é complexo e há muitos detalhes que podem te atrapalhar na hora da revalidação.

 

Caso você entenda necessário, considere uma assessoria especializada nesse tipo de processo, assim você fica livre de dores de cabeça e mais burocracia no seu dia a dia.

 

Para mais detalhes sobre a assessoria clique aqui ou fale diretamente comigo e minha equipe.

 

Nossa maior realização é garantir o direito de ir e vir de nossos clientes.

 

Gostou do artigo?

 

Lembre-se de compartilhar o conteúdo com todos os seus conhecidos.

 

Essas informações devem atingir o máximo de pessoas possível. 

 

Principalmente, porque falei de situações que atingem a todos os brasileiros.

 

E a revalidação pode ser a saída que eles tanto procuravam.

 

Agora, vou ficar por aqui.

 

Um abraço! Até a próxima.



0 0 Votos
Classificação do Post
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você também pode se interessar por:

  • All
  • Direito Imobiliário
  • Direito Militar
  • Homologação de Sentença Estrangeira
  • Outras áreas de atuação
  • Revalidação de Diploma Estrangeiro
  • Revalidação de Diploma no Exterior
Prev
123
0
Clique aqui para fazer um comentário nesse post.x
× Como posso te ajudar?