Como ser dentista em Portugal: 05 formas de revalidar o seu diploma.

como ser dentista em portugal

Uma grande dificuldade para quem busca melhores condições de vida em outro país é o recomeço.

 

Quando nos preparamos para mudar de país é comum sentir um mix de emoções: da excitação (melhorar) ao medo.

 

Porém o que poucas pessoas sabem é que esse recomeço não precisa ser um começo, pois existem meios de preservar a sua profissão em Portugal.

 

Não é algo fácil, precisa se atentar a todos os detalhes, mas é totalmente possível e com certeza fará muita diferença na sua vida como dentista em Portugal.

 

E o sabe o que é melhor?

 

90% de todo o processo pode ser realizado aqui no Brasil, na verdade você nem vai precisar sair da sua casa.

 

Quer saber mais?

 

Então fique comigo, pois agora irei te explicar como ser dentista em Portugal detalhando todas as suas possibilidades.

1. O que é o reconhecimento de diploma estrangeiro em Portugal?

Em resumo, o processo de reconhecimento de diploma de dentista em Portugal (kw relacionada) é a maneira de validar o seu diploma brasileiro em Portugal e ser habilitado para exercer a profissão no país.

 

 

Diferente das revalidações na Itália e na Espanha, que são realizados pelo Ministério da Saúde desses países, em Portugal o reconhecimento fica a cargo das Universidades públicas e particulares dos países.

 

 

Durante o procedimento de reconhecimento as universidades irão avaliar a compatibilidade entre o diploma brasileiro e o português, para isso serão avaliados:

 

 

  • Grade curricular;
  • Ementa de disciplinas cursadas;
  • Grau obtido dentro das disciplinas;
  • Trabalho de conclusão de curso;
  • Grau obtido em prova técnica realizada em Portugal.

Outro ponto a ser destacado é que em Portugal a profissão de odontologia não é uma carreira independente, mas sim uma especialização da Medicina.

 

Esse fato justifica a valorização dos dentistas brasileiros em Portugal e na Europa, visto que um dentista brasileiro cursou odontologia por pelo menos 5 cinco anos, sendo mais valorizado por isso.

 

Além disso, o curso de Medicina odontológica em Portugal possui a duração de 10 semestres em 5 anos de curso, sendo os três primeiros referentes à licenciatura (o que não permite exercer a profissão odontológica em Portugal) e os dois restantes como mestrado integrado.

 

Após o reconhecimento você obterá o título de mestre em medicina odontológica.

2. Onde iniciar o processo de reconhecimento para ser dentista em Portugal?

Conforme eu já te contei, o processo de reconhecimento de diploma é conduzido pelas universidades portuguesas e ele será o seu caminho para ser dentista em Portugal, sem que você tenha que fazer faculdade de novo.

 

Agora, irei deixar aqui embaixo a lista das universidades que comumente oferecem vagas de reconhecimentos de diplomas brasileiros.

Faculdades públicas

FMUP – Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra – Departamento de Medicina Dentária.

 

FMDUL – Faculdade de Medicina Dentária Universidade de Lisboa.

 

FMDUP – Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto.

 

UCP – Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional das Beiras.

Faculdades privadas

IUCS – CESPO – Instituto Universitário de Ciências da Saúde

 

IUEM – Instituto Universitário Egas Moniz.

 

UFP – Universidade Fernando Pessoa

 

Obs: Para quem desejar trabalhar em Portugal o processo de reconhecimento específico para dar esse direito somente é realizado pelas universidades públicas.

 

Mas para quem deseja somente lecionar, há processos de equivalência nas universidades particulares.

 

Dica: Se você está na dúvida faça o processo de equiparação que te dará o direito a trabalhar (veremos ele em detalhes adiante), pois ele serve tanto para quem quer lecionar ou trabalhar como médico odontologista.

3- As 05 formas de revalidar o seu diploma de odontologia em Portugal.

Agora que você já sabe que a possibilidade de você se mudar para Portugal e continuar trabalhando com a sua profissão é real, inclusive, é comum que brasileiros se mudem para lá já empregados.

 

Chegou a hora de eu te explicar como funciona cada uma dessas formas e assim você entender como ser dentista em Portugal.

 

Vamos lá!

3.1 - Mudança de instituição

Esse processo é voltado para quem ainda está cursando a faculdade de odontologia no Brasil e gostaria de concluir em Portugal já com o diploma Europeu.

 

Ter um diploma Europeu te abrirá portas que você nem imagina!

 

Além de poder trabalhar em Portugal, você ainda terá a chance de se habilitar para trabalhar em qualquer país europeu que faça parte do bloco econômico da União Europeia.

 

O lado bom dessa modalidade de reconhecimento é que você não precisará realizar nenhuma prova para exercer a profissão na Europa.

 

Então, se você é estudante de odontologia e quer vir morar em Portugal essa forma de equiparação é perfeita para você.

3.2- Concurso para maiores de 23 anos.

Esse é um processo muito procurado, mas é importante observar os pré-requisitos:

 

De início a idade mínima é de 23 anos e o interessado não pode ter concluído nenhum curso de ensino superior e nem pode ser abrangido pelo Estatuto de aluno internacional.

 

Infelizmente, para o brasileiro não é possível fazer a equiparação por este método, isto porque estamos abrangidos pelos referido Estatuto.

3.3 - Reconhecimento específico de habilitação estrangeira.

Essa forma de reconhecimento consiste na análise de compatibilidade entre os diplomas brasileiros e portugues.

 

É a espécie de reconhecimento mais abrangente e exige apenas dois pré-requisitos: o seu diploma deve ter pelo menos 5 anos de duração e carga horária mínima de 4.500 horas.

 

Esse é um processo longo e é necessário se preparar psicologicamente, mas é totalmente possível desde que se atente a cada uma das etapas.

 

Além desses fatores é fundamental ter um olhar crítico e estratégico na hora fazer a sua aplicação para o reconhecimento, isso porque a grade e os cursos mudam de acordo com as universidades portuguesas e brasileiras, então saber escolher uma universidade portuguesa que possua a grade curricular semelhante ao seu curso é muito importante.

 

Se você não fez TCC ou se a sua universidade não possui o TCC ou monografia como obrigatório você poderá aplicar para o reconhecimento específico, mas será necessário uma declaração da sua universidade indicando que na época que você se formou não era necessário a apresentação do TCC para a conclusão do seu curso.

 

Geralmente esse fato não gera muitos problemas e as universidades portuguesas oferecem um prazo, geralmente 6 meses, para você apresentar o seu TCC, que será julgada por um júri (banca examinadora no Brasil).

 

Fases do reconhecimento específico

 

O reconhecimento específico é simples e é composto pelas seguintes fases:

 

  • Candidatura
  • Prova escrita
  • Prova prática
  • Apresentação do TCC feito no Brasil.



3.4 - Titular de curso superior

 

Esse meio de reconhecimento de diploma é voltado somente para aqueles que desejam revalidar o diploma a nível de licenciatura, podendo apenas dar aulas em Portugal.

 

É um processo mais simples do que o de equivalência e mais barato, mas também é mais limitado.

 

Mas caso você seja professor e queira continuar exercendo essa profissão linda em Portugal, essa é a sua modalidade de reconhecimento de diploma.

3.5 - Concurso especial para Estudantes Internacionais.

Esse processo facilita muito a vida dos brasileiros que querem vir para a Europa, mas não sabem como ser dentista em Portugal.

 

Ele está disponível em todas as faculdades de medicina dentária do país, mas você precisa cumprir um requisito: estar englobado no Estatuto do estudante internacional.

 

Nesse processo você não fará provas, e toda a sua vida acadêmica será avaliada.

 

Eles avaliarão sua grade curricular, graus obtidos, pós-graduação, artigos científicos e livros publicados.

 

Porém, ao final desse concurso poderá requerer que você complemente a sua formação estudando mais alguns semestres em uma universidade portuguesa e ao final receberá o sonhado diploma de Medicina Dentária.

4- Conclusão.

Com este conteúdo, você entendeu como o processo de reconhecimento de diplomas estrangeiros funciona em Portugal.


Também que esse processo será o seu principal aliado para trabalhar em Portugal na sua profissão, sem necessitar fazer uma nova faculdade para isso.


Lembre-se que são cinco possibilidades e saber escolher o melhor aumenta consideravelmente as suas chances.


A principal dica é: tenha um bom planejamento e deixe sua documentação impecável! Pois a maior parte do processo se concentra na análise de documentos.


O processo é burocrático, mas é totalmente viável para você! 


Considere buscar ajuda de um advogado especialista na área, pois ele poderá te indicar o caminho mais assertivo para a sua formação em específico.


Além do processo ser detalhista, a legislação de Portugal proíbe uma nova tentativa para quem recebeu um indeferimento, independente do motivo.


Então, você só tem uma chance!


Somente um profissional especialista nesta área poderá elaborar um planejamento detalhado e específico para você.


Por isso, sempre friso que o advogado focado em Reconhecimento de diplomas é o maior parceiro na busca do reconhecimento de diploma. 


Tenha isso em mente.


E você, conhece alguém que precisa saber as informações deste artigo?


Então, compartilhe o conteúdo via Whatsapp.


Tenho certeza que ele vai ajudar muita gente.


Agora, vou ficando por aqui.


Forte abraço! Até a próxima.

4.8 4 Votos
Classificação do Post
Inscreva-se
Notificar de
guest
14 Comentários
Mais antigo
O mais novo Mais votados
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Cilene M
Cilene M
1 ano atrás

Olá boa noite! Minha faculdade de odontologia na turma de 1993 tinha 4 anos e carga horaria de 4.350 horas, dando direito completo ao diploma de cirurgião-dentista e registro no CRO. Com estas informações, posso desistir de revalidar meu diploma em Portugal?

Walmea
Walmea
1 ano atrás

Ola minhá faculdade foi 2022 de 4 anos com carga horaria de 3405 h.
Estou tirando a minha cidadania. Sera que consigo validar diploma de odontoligia

kely
kely
1 ano atrás

Ola, sou brasileira e tenho cidadania italiana, conclui minha faculdade de odontologia em dezembro 2022 no Brasil, minha faculdade é de 5 anos! gostaria de trabalhar em Portugal como dentista, sendo cidadã europeia como funciona a validação do meu diploma?

Marcelo
Marcelo
1 ano atrás

Olá, fiz minha graduação em 4 anos, de 1990 a 1993, um total de 5.050 hs de carga horária. tenho título de especialista, mestre e estou fazendo doutorado nesse momento. Tudo isso facilita um reconhecimento mais breve e automático? Obrigado

THIAGO
THIAGO
1 ano atrás

Boa noite!
Sou formado em odontologia, meu curso foi de 5 anos, sou recém formado, quais chances de conseguir trabalho na Europa sem que precise fazer testes, apenas entrar e já trabalhar ná área com validação do diploma.

Humberto Santos Nogueira
Humberto Santos Nogueira
1 ano atrás

Boa tarde! Me chamo Humberto e sou cirurgião dentista, me formei em jun/2022 e minha graduação foi de 05anos, minha esposa tbm é cirurgiâ dentista, e temos um filho de 07 anos, conseguimos ir e conseguir exercer a nossa profissão?

Gilda
Gilda
10 meses atrás

Minha filha é dentista, trabalha com harmonização facial no Brasil, e deve se mudar em 2 anos para Portugal.

Você também pode se interessar por:

  • All
  • Direito Imobiliário
  • Direito Militar
  • Homologação de Sentença Estrangeira
  • Outras áreas de atuação
  • Revalidação de Diploma Estrangeiro
  • Revalidação de Diploma no Exterior
trabalhar como dentista na Itália

1- POR QUE VIVER E TRABALHAR COMO DENTISTA NA ITÁLIA? Todos sabem que a Itália é referência em saúde, educação, segurança e qualidade de vida.  O país atraí profissionais do mundo todo que desejam ter uma carreira mais valorizada e maior qualidade de vida com a sua família, sendo possível equilibrar trabalho e lazer. Isso também é válido para o campo da Odontologia.  Além de haver um vasto…

como ser dentista na italia

Se você é dentista no Brasil e está insatisfeito com as condições de trabalho, segurança e qualidade de vida pode estar se perguntando sobre como ter uma carreira mais valorizada. Mas você sabia que é possível exercer a sua profissão na Itália sem ter que fazer uma nova faculdade para isso? Pois é!  A Itália assim como outros países da Europa possuem muito interesse em profissionais estrangeiros para…

Médico brasileiro recebendo suporte jurídico para exercer a medicina na Itália, simbolizando a transformação de carreira.

Você, médico que se sente frustrado com as condições de trabalho no Brasil, já imaginou um futuro onde suas habilidades são plenamente valorizadas e você pode exercer a medicina na Itália?  A realidade é que muitos profissionais da saúde brasileiros enfrentam desafios sérios, como sobrecarga de trabalho, baixos salários e ambiente estressante. A boa notícia é que há uma solução viável: a Itália, um país que oferece oportunidades…

Prev
123
14
0
Clique aqui para fazer um comentário nesse post.x
× Como posso te ajudar?