Divórcio: 5 características que vão fazer você evitar perder dinheiro no divórcio

Imagem para ilustrar o texto do blog que conta dicas de como evitar perder dinheiro no divórcio

Eu sei que você não aguenta mais essa situação e que o divórcio é burocrático, caro e demora muito tempo.

Muitos casais que estão se separando passam por essa situação e, se esse for o seu caso, pode haver uma saída mais rápida, menos burocrática e que não aperte tanto o seu bolso.


Durante muito tempo, advoguei exclusivamente na área de divórcios e vou te contar, nesse rápido texto, cinco fatores que julgo fundamentais para que você resolva o seu problema de uma forma rápida, barata e com segurança.


E melhor ainda evite perder dinheiro no divórcio.


Sumário

 

1. Por que o acordo pode ser a melhor escolha para evitar perder dinheiro no divórcio.

2. As 5 vantagens que deixam o acordo tão para evitar perder dinheiro no divórcio.

3. Escolher um advogado especialista é poupar tempo, dinheiro e dor de cabeça.

4. Cogite o Divórcio online, ele traz comodidade, simplicidade e evitará que você venha a perder dinheiro.

5. Conclusão.

1) Porque o acordo pode ser a melhor escolha para evitar perder dinheiro no divórcio.

 

É muito comum que os casais no momento da separação percam o diálogo ou simplesmente deixem a situação explodir esperando que o outro tome a iniciativa para resolver o problema.


Essa escolha acontece porque o divórcio envolve muitas emoções, cria mágoa e necessidade distância da outra parte.


Infelizmente isso mais atrapalha do que ajuda.


Quando não há diálogo entre os cônjuges a saída é o divórcio judicial, aquele feito na justiça e intermediado por um juiz, essa modalidade costuma ser mais cara e demorada, além de que o futuro ficará à mercê da decisão do juiz.


Eu recomendo essa modalidade apenas para os casos em que houver filhos menores de idade ou que sejam dependentes dos pais, por exemplo: crianças especiais ou quando não houver concordância entre os cônjuges sobre a separação patrimonial.


Nesses casos a lei impõe que o divórcio seja feito na justiça.


Se esse não for o seu caso, calma, existe uma saída menos turbulenta – e que pode até sair mais barata.


Conforme eu defendo um processo judicial, sempre que possível, precisa ser evitado. Ele é caro, demorado e deixa qualquer um maluco. Vai me dizer que você quer perder o sono por longos meses?


A alternativa mais inteligente, muitas vezes, é buscar um acordo amigável.

Pode ser feito mesmo durante o processo, caso ele já tenha sido proposto na Justiça.


Um advogado especialista saberá a melhor forma de abordar a outra parte, demonstrar as possibilidades, os direitos e os benefícios de se optar por um acordo.


E caso você não tenha mais diálogo com a outra parte, fique tranquila!


Pelos sentimentos envolvidos recomendamos que não entre em contato com ele, peça ao seu advogado que apresente a proposta por você. 


Essa prática tem se mostrado eficaz.

2) As 5 vantagens que deixam o acordo tão atrativo evitar perder dinheiro no divórcio


Por experiência de mais de 8 anos atuando em divórcio em todo o país e no exterior, posso te contar com tranquilidade que esses três fatores são realmente especiais já evitaram muitos prejuízos e dinheiros jogados fora.


São eles:


1) Rapidez:


Enquanto um divórcio demora meses e a depender do caso anos na justiça, o divórcio feito em cartório demora em média um mês e dependendo da sua cidade ele pode ser feito até mesmo online. 


Consulte o seu advogado sobre essa possibilidade.


2) Economia:

 

É inegável que o divórcio acordado é mais barato do que o feito na justiça, duvida? Olha os valores estipulados pela tabela de honorários de São Paulo, por exemplo.


Divórcio Litigioso: R$: 9.183,97


Divorcio Consensual: R$: 3.279,99


Obs: Esses valores são praticados na cidade de São Paulo e variam de acordo com a sua região. 


Consulte o seu advogado para mais informações sobre o seu caso.


Além de mais barato são muito mais rápido e evitam muita dor de cabeça.


3) Divisão de despesas:


Para realizar o divórcio é necessário obrigatoriamente um advogado, mas no caso em que há acordo entre os cônjuges é possível que apenas um advogado represente os dois, assim importando menos gastos no divórcio e evita você perder dinheiro no divórcio.


4) Planejamento de Pensão Alimentícia:

 

A discussão prévia sobre pensão alimentícia evitará que ela seja discutida na justiça posteriormente e te dá a chance de conversar e propor uma solução condizente com a necessidade e as possibilidades.


5) Planejamento de Guarda e visitas:

 

Quando há no divórcio a presença de filhos menores de idade é importante regulamentar a guarda e o regime de visitas.


Além de garantir o contato primordial entre a criança e seus pais, também é mais econômico resolver tudo no divórcio.


Muitos pais decidem por resolver a questão da guarda e convivência após o divórcio, o que na maioria das vezes se mostra um erro. 


A criança acaba sendo privada do contato com o seu pai e mãe  e a solução deixa de poder ser resolvida de forma amigável e acaba na justiça.


A melhor solução sempre será resolver todas as peculiaridades da sua família já no momento do divórcio, pois evita desgaste, dor de cabeça e evita que você venha a perder dinheiro ao dividir um processo em vários outros processos, tal como: pensão, regulamentação de guarda e o divórcio.


3) Escolher um advogado especialista é poupar tempo, dinheiro e dor de cabeça

 

É importante que você entenda que após tomar a decisão de fazer o divórcio, procure um advogado especialista em divórcio.


Atuamos há 8 anos com divórcio em todo o país e no exterior e quando nos deparamos com um processo com um advogado que não é especialista é comum perceber os mesmos erros:


  • Processos que se alongam sem necessidade.
  • Divórcios que não atendem a expectativas e a realidade dos cônjuges que estão se separando.
  • Divórcios extremamente caros.

O diferencial em contratar um advogado especialista é que além do conhecimento técnico do direito você contará com toda a experiência e a compreensão de qual estratégia será mais adequada para o seu caso.


Se eu posso te dar um conselho de amiga: use filtro solar e procure sempre um advogado especialista.


Um advogado generalista pode te causar problemas  que te causarão dores de cabeça pro resto da vida.


4) Cogite o Divórcio Online, ele traz comodidade, simplicidade pra você e evitará que você venha a perder dinheiro.

 

O divórcio online é a modalidade em que o divórcio é feito totalmente remoto, os envios de documentos podem ser feitos pelo WhatsApp e o processo é todo eletrônico.


Com as restrições causadas pela pandemia essa modalidade vem ganhando muito espaço, devido a sua facilidade e não ter a obrigação de comparecer ao cartório, o que reduz a chance de contaminação.


  • Os requisitos são:
  1. Não ter filhos menores de idade ou incapazes
  2. O casal precisa estar de acordo com o divórcio e a divisão de bens.
  3. O casal precisa estar acompanhado de um advogado.

Toda a realização do ato é inteiramente online, desde a leitura da escritura pública como a própria assinatura das partes.


Conclusão


Existem, além dessas 4 que descrevi neste post, muitos outros aspectos que podem trazer grandes vantagens na busca pelo divórcio mais rápido barato e tranquilo.


Antes de tomar uma decisão procure conhecer os seus direitos, uma opção errada pode fazer com que o processo se alongue, fique caro e estressante.


Não deixe a bomba explodir ou a situação chegar num patamar estratosférico.


Quanto mais cedo você agir, mais chances terá de resolver tudo com tranquilidade.


Caso você esteja sendo vítima de violência doméstica ou outro tipo de violência, não espere haja imediatamente e procure ajuda.


ANÁLISE PROFISSIONAL POR ADVOGADO


Para obter uma análise estratégica da sua situação, com um direcionamento jurídico completo, acesse aqui.


4 1 Votar
Classificação do Post
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você também pode se interessar por:

  • All
  • Direito Imobiliário
  • Direito Militar
  • Homologação de Sentença Estrangeira
  • Outras áreas de atuação
  • Revalidação de Diploma Estrangeiro
  • Revalidação de Diploma no Exterior
Prev
123
0
Clique aqui para fazer um comentário nesse post.x
× Como posso te ajudar?