Quais os mitos ao validar o diploma em Portugal?

validar diploma em Portugal

A validação do diploma brasileiro em Portugal é a forma mais segura para começar uma vida nas terras lusas, sem ter que começar tudo do zero.


Também conhecido como reconhecimento de diploma, ele possui 05 modalidades de reconhecimento.


Com o cenário de instabilidade política que assolou o país nos últimos meses, têm surgido comentários que não são reais.


Na verdade, são achismos e invenções de quem não possui uma noção exata sobre a realidade por trás do processo de como validar o diploma em Portugal.


Por isso, antes de fazer o pedido de validação ou reconhecimento do diploma , é importante que você saiba quais são os principais mitos e falatórios equivocados sobre esse procedimento.


Neste conteúdo, vou alertar sobre os cuidados que você deverá ter.

como-ser-dentista-em-portugal-05-formas-de-revalidar-o-seu-diploma/

 

Abaixo, descubra 5 mitos sobre validar o diploma em Portugal e como os evitar.

01- Preciso ter mestrado ou doutorado para validar o diploma em Portugal.

Não é verdade que é necessário ter mestrado ou doutorado para validar o diploma em Portugal.

 

Acontece, no entanto, que todo o seu histórico acadêmico é analisado durante a compatibilização de diplomas, neste caso, havendo o mestrado ou um doutorado ele também será levado em consideração.

 

Mas dizer que é um requisito não é verdade!

 

Em 2023 existem 05 formas de validação/reconhecimento de diploma em Portugal, são eles:

  • Reconhecimento específico;
  • Titular de curso superior;
  • Concurso especial para estudantes internacionais;
  • Mudança de instituição;
  • Concurso para maiores de 23 anos.

Enquanto que o primeiro mito é sobre a necessidade de ter um vasto histórico acadêmico para a validação de diploma estrangeiro, na verdade nenhuma das 05 principais formas de reconhecimento de diploma exige essa obrigação. 

 

Portanto somente o seu diploma de graduação já é suficiente para a validação.

02- Se eu não tiver realizado o TCC, será negado?

 

O mito sobre a necessidade de ter artigos publicados surgiu dos requisitos documentais para o pedido, visto que um dos requisitos é a monografia.

 

E aqui existem duas possibilidades: você não realizou o TCC, pois não era obrigatório para a conclusão do seu curso ou deixou de fazer o TCC.

 

No primeiro caso, o que você não realizou o TCC, pois não era obrigatório para a conclusão do seu curso, deverá ser apresentado uma declaração da sua universidade confirmando os fatos da época, o que poderá gerar uma dispensa da apresentação do trabalho, ou será ofertado um tempo para a realização e defesa do trabalho.

 

Na segunda situação, será ofertado um tempo para a realização do TCC.

 

Então, por mais que o TCC seja um requisito, não significa que tudo está perdido.

.

Isso quer dizer que há a possibilidade de você ser dispensado dele ou de fazer durante o processo de validar o diploma em Portugal.

03 - Estou muito velho para a validação.

Na prática, o mito de estar muito velho para a validação de diploma estrangeiro é mais um óbice a realizar um sonho e usufruir as vantagens (link) de se viver na Europa do que com o processo em si.

 

Isso porque o processo não tem nenhuma limitação de idade, então se você reúne toda a documentação pode se candidatar a qualquer momento. 

 

Por isso, vou narrar o exemplo do segurado Marcos.

 

O objetivo é que você consiga desvendar esse mito.

 

Imagine a situação do Marcos.

 

Marcos é um médico no Brasil, que já exerceu o ofício durante 25 anos e hoje está com 55 anos de idade. 

 

Neste momento, Marcos já soma 25 anos de experiência

.

Mas diante do cenário político-econômico brasileiro decidiu procurar um lugar com mais segurança e infraestrutura para se aposentar com seus filhos e netos, mas ainda necessita trabalhar por mais 5 anos.

 

Decidiu por validar o diploma em Portugal e deu entrada no processo, ao fim do processo, que dura em média 01 ano, ele já estava com o diploma validado e com condições de trabalhar ou empreender no país.

 

  • Lembre-se: Portugal pode ser a sua porta de entrada para a Europa, pois um diploma validado em Portugal te abre portas para trabalhar nos demais países integrantes da União Europeia.

04- Preciso de um advogado para validar o diploma em Portugal?

A verdade é que não, todo o processo pode ser feito diretamente por você.

 

Mas o que ninguém te conta é que o reconhecimento específico (principal modalidade de validação) só admite a tentativa uma vez.

 

Isso mesmo! Se der errado, você não poderá repetir o processo até que a lei atual seja mudada.

 

Achou arriscado?

 

Juntando isso à rotina do dia a dia, muitos erros são cometidos e a validação do diploma se torna complexa.

 

A minha dica é no sentido de você pensar na possibilidade de procurar ajuda especializada através de um profissional especialista em validação de diploma de em Portugal.

 

Ele é o profissional que domina toda a parte técnica do processo e ainda possui experiência para evitar os principais erros que são cometidos.

 

Através de uma metodologia específica  criada pela Dra. Tamires Albieri  especialmente para o seu caso, toda essa burocracia é resolvida de forma leve e fácil, sem impactar diretamente a sua rotina.

05 - Posso tentar a validação quantas vezes quiser

A legislação atual traz restrições sobre a possibilidade de tentar a validação mais de uma vez.

 

Na prática, é comum haver erros no momento da validação e as pessoas infelizmente perdem a chance do reconhecimento do diploma em Portugal.

 

Isso ocorre, justamente, porque são muitos detalhes e variantes durante o processo.

 

Por exemplo: A metodologia de análise dos diplomas diverge entre as universidades responsáveis por fazer a sua validação de diploma em Portugal.

 

Então, escolher mal pode sim significar um indeferimento do seu pedido.

 

Aliado aos compromissos e rotina de trabalho é comum que as pessoas percam prazos e cometam erros na escolha das universidades, reunião da documentação e fiquem alheios às irregularidades, que infelizmente acontecem.

Conclusão

A validação de diploma em Portugal traz  diversas possibilidades para o profissional que queira morar na Europa ou internacionalizar a sua carreira.

 

Com isso, é natural que alguns mitos sobre o assunto tenham surgido.

 

Portanto, neste conteúdo, expliquei para você quais são os 5 principais mitos sobre validar diploma em Portugal..

 

São confusões entre os diferentes tipos de validação.

 

Escolhas de instituições que não combinam em nada com o seu diploma brasileiro.

 

Dúvidas sobre requisitos documentais.

 

Os mitos não param por aí.

 

Como sempre friso, cada caso é um caso.

 

A parte boa disso tudo é que, se os mitos existem, você leu esse conteúdo para desvendá-los. Não foi?

 

Na dúvida, busque pela ajuda de um advogado especialista em Direito Previdenciário.

 

Gostou do conteúdo?

 

Então, não se esqueça de compartilhar os mitos com seus amigos, conhecidos e familiares.

Até a próxima! Um abraço.



0 0 Votos
Classificação do Post
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você também pode se interessar por:

  • All
  • Direito Imobiliário
  • Direito Militar
  • Homologação de Sentença Estrangeira
  • Outras áreas de atuação
  • Revalidação de Diploma Estrangeiro
  • Revalidação de Diploma no Exterior
Como Revalidar seu Diploma na Espanha

Imagine viver em um país onde a qualidade de vida é exemplar, a segurança é prioridade e as oportunidades de carreira são infinitas. Agora, imagine que tudo isso está ao seu alcance, mas depende de um passo crucial: a revalidação do seu diploma. Se você acha que esse processo é complicado, burocrático e quase impossível de ser concluído, continue lendo. Vamos revelar o segredo que está transformando a…

Médico brasileiro pode trabalhar na Espanha

Uma das perguntas que mais recebemos pelos nossos clientes aqui do Albieri advocacia é: “Médico brasileiro pode trabalhar na Espanha?”.  Quando a maioria dos médicos pensa em uma carreira internacional, as dúvidas  vêm logo à tona – o que é super compreensível, pois estamos falando de uma mudança de vida 360 graus. Portanto, se você sonha com uma carreira internacional, tem dúvidas sobre  o caminho mais seguro para…

06 Passos para ser médico na Itália

Todo ano, milhares de pessoas se formam em medicina no Brasil, muitas delas buscando melhores condições de vida e exercer a tão sonhada medicina. Ocorre que nem sempre a conclusão da universidade se traduz em viver o sonho, logo os plantões extenuantes, a desvalorização e a insegurança se impõe em um rotina sufocante. Nesse caso, compreender as alternativas é um grande diferencial a quem deseja viver bem e…

Prev
123
0
Clique aqui para fazer um comentário nesse post.x
× Como posso te ajudar?