Como funciona o reconhecimento de diploma de pós-graduação de psicologia no Brasil em 2022

reconhecimento de diploma de pós-graduação em psicologia no Brasil em 2022

Fazer uma pós-graduação fora do Brasil é a realidade de muitos psicólogos.

 

E são muitas as vantagens como: maior reconhecimento no mercado brasileiros, acesso a uma nova cultura e a novas teorias e práticas ainda inéditas por aqui.

 

Mas você já se perguntou como funciona o reconhecimento de diploma de psicologia realizado no exterior no Brasil?

 

Sabia que ele não tem validade automática aqui?

 

Pois é! É necessário passar por um processo de equiparação e esse processo possui peculiaridades que devem ser respeitadas se não você perder seu tempo e dinheiro.

 

Por isso, criei esse artigo para desmistificar de uma vez por todas como funciona o reconhecimento de diploma de psicologia realizado no exterior no Brasil.

 

Assim irei revelar para você parte do meu método que auxilia profissionais como você que desejam dar validade ao seu diploma no Brasil. 

 

Antes de mais nada, preciso te informar que esse artigo trata exclusivamente de diplomas de Pós-graduação, se você está procurando como revalidar o seu diploma de graduação deixarei o link aqui embaixo.

 

Como revalidar o diploma de graduação de psicologia em 2022.

 

Neste artigo te contarei tudo sobre:

 

  1. Por onde começar
  2. Qual a melhor forma de fazer o reconhecimento do seu diploma de pós graduação?
  3. A dica do especialista
  4. Conclusão

1. Por onde começar o reconhecimento de diploma de psicologia no Brasil em 2022?

Se você já leu algum artigo sobre reconhecimento de diploma estrangeiro neste blog, essa parte será um pouco repetitiva.

 

Ela não se refere especificamente ao curso de psicologia cursado no exterior, mas sim a pré requisitos para o processo de reconhecimento no Brasil, mas nem por isso deixamos de destacar os pontos de interesses para os psicólogos =)

 

Mas é muito importante tratarmos sobre a legalização dos documentos, pois essa é  uma fase que nossos clientes erram e muito!

 

E aqui eu preciso que você entenda que os seus documentos estrangeiros não possuem validade automática no Brasil, para isso eles precisam passar por um procedimento de compatibilização com a nossa legislação.

 

Para isso, a primeira coisa a ser feita é ter esses documentos traduzidos, mas não vale qualquer tradução, é necessário ser realizada por um órgão público autorizado, é a tradução juramentada.

 

Essa tradução pode ser feita em cartórios pelo tradutor juramentado, tem valores variantes a depender do seu Estado, aqui eu vou deixar um post completo só sobre o tema aqui

 

Obs: Não será necessário realizar a tradução juramentada se os seus documentos estiverem no idioma espanhol, inglês ou português.

 

Se você estiver nessa situação, significa que terá menos um custo e trabalho.

 

Com os documentos traduzidos vamos para o segundo e último passo nessa fase de legalização de documentos.

 

O apostilamento.

 

O apostilamento é um certificado de autenticidade, criado como forma de facilitar a autenticação de documentos entre os países que assinaram a Convenção de Haia.

 

Para saber se o país em que você se formou faz parte da convenção basta clicar aqui.

 

O procedimento pode ser realizado diretamente no cartório e também possui valor variável de acordo com o seu Estado.

 

Uma ótima notícia é que o apostilamento pode ser realizado diretamente online, sem que você precise sair de casa.

 

Agora eu vou deixar aqui embaixo toda a relação de documentos que é necessário para o reconhecimento de diploma de psicologia no Brasil em 2022:

 

I – cadastro contendo os dados pessoais e, quando for o caso, informações acerca de vinculação institucional que mantenha no Brasil;

II – cópia do diploma devidamente registrado pela instituição responsável pela diplomação, de acordo com a legislação vigente no país de origem e;

III – exemplar da tese ou dissertação com registro de aprovação da banca examinadora, com cópia em arquivo digital em formato compatível, acompanhada dos seguintes documentos:

  • ata ou documento oficial da instituição de origem, contendo a data da defesa, se for o caso, o título do trabalho, a sua aprovação e conceitos outorgados; e
  • nomes dos participantes da banca examinadora, se for o caso, e do(a) orientador(a) acompanhados dos respectivos currículos resumidos;
  • Caso o programa de origem não preveja a defesa pública da tese, deve o aluno anexar documento emitido e autenticado pela instituição de origem, descrevendo os procedimentos de avaliação de qualidade da tese ou dissertação adotados pela instituição (inclusive avaliação cega emitida por parecerista externo).

IV – cópia do histórico escolar, descrevendo as disciplinas ou atividades cursadas, com os respectivos períodos e carga horária total, indicando a frequência e o resultado das avaliações em cada disciplina;

V – descrição resumida das atividades de pesquisa realizadas, estágios e cópia impressa ou em endereço eletrônico dos trabalhos científicos decorrentes da dissertação ou tese, publicados e/ou apresentados em congressos ou reuniões acadêmico-científicas, indicando a(s) autoria (s), o nome do periódico e a data da publicação e/ou nome e local dos eventos científicos onde os trabalhos foram apresentados;

VI – resultados da avaliação externa do curso ou programa de pós-graduação da instituição, quando houver e tiver sido realizada por instituições públicas ou devidamente acreditadas no país de origem, e outras informações existentes acerca da reputação do programa indicadas em documentos, relatórios ou reportagens.

2. Qual a melhor forma de fazer o reconhecimento do seu diploma de pós graduação?

Hoje o órgão responsável pelo reconhecimento do curso de pós-graduação em psicologia é o Carolina Bori, que é subordinado ao MEC, regulado por legislação própria e oferece um processo de revalidação mais transparente.

 

O processo de revalidação através do Carolina Bori é chamado de tramitação simplificada e é o que recomendamos para todos os nossos clientes por dois motivos: transparência e facilidade.

 

É transparente, pois possui legislação que detalha todos os procedimentos que devem ser feitos durante o processo, além de ter os limites descritos em lei.

 

Além disso, é o mais fácil, pois não exige do profissional ter que realizar provas práticas ou teóricas.

 

Mesmo elencando esses pontos positivos da tramitação simplificada isso não quer dizer que você estará isenta de problemas, infelizmente presenciamos descumprimentos das leis.

 

Neste caso eu oriento o profissional a recorrer de forma administrativa ou judicial, em último caso.

 

Como funciona?

 

Ao escolher a tramitação simplificada será necessário indicar uma universidade que será responsável por conferir seus documentos e a compatibilidade entre o seu diploma e o brasileiro.

 

Recomendo que você escolha muito bem a universidade, principalmente em relação a compatibilidade entre a sua universidade e ela.

 

Pois essa instituição irá avaliar a compatibilidade de acordo com o curso que ela oferece, então caso os cursos sejam muito diferentes é possível que ocorra um indeferimento ou pedido de complementação.

 

Deste processo poderá ter quatro conclusões:

 

  • Pedido de retificação de algum documento;
  • Necessidade de complementação de horas;
  • Deferimento do pedido e diploma reconhecido;
  • Indeferimento do pedido e diploma não reconhecido.

A depender de como você escolher as suas chances podem aumentar ou reduzir, por isso pense estrategicamente!

3. A dica do especialista

Conforme você pode observar o processo de reconhecimento apesar de ser simples, possui uma série de fases e nuances que pode se tornar bem complicado para quem não conhece de perto.

 

Além disso, tenho percebido que no meio desse processo ocorrem ilegalidades que atrasam bastante a nossa vida.

 

Juntando isso à rotina do dia a dia, muitos erros são cometidos e o reconhecimento do diploma parece impossível.

 

E muitos vão te falar isso.

 

A minha dica é no sentido de você pensar na possibilidade de procurar ajuda especializada através de um profissional especialista em reconhecimento de diploma de pós-graduação de psicologia.

 

Ele é o profissional que domina toda a parte técnica do processo e ainda possui experiência para evitar os principais erros que são cometidos.

 

Através de uma metodologia específica criada especialmente para o seu caso, toda essa burocracia é resolvida de forma leve e fácil, sem impactar diretamente a sua rotina.

4. Conclusão

Através deste conteúdo, você conseguiu entender melhor sobre toda a dinâmica envolvida para reconhecer o diploma de pós-graduação em psicologia no Brasil em 2022.

 

Além disso, você aprendeu o porquê das pessoas acharem que é impossível, principalmente por toda a burocracia envolvida.

 

Por outro lado, a calma e a experiência podem tornar toda essa transição mais fácil de ser superada. 

 

Por fim, eu te dei dicas de ouro de como uma assessoria preparada pode cuidar de tudo para você.

 

E aí, gostou do conteúdo? Conhece alguém que está na luta para conseguir revalidar o seu diploma estrangeiro no Brasil?

 

Então envie este conteúdo para a pessoa.

 

Às vezes o seu conhecido está com dúvidas e este conteúdo pode auxiliar.

 

Agora vou ficando por aqui.

 

Até a próxima 

0 0 Votos
Classificação do Post
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Você também pode se interessar por:

  • All
  • Direito Imobiliário
  • Direito Militar
  • Homologação de Sentença Estrangeira
  • Outras áreas de atuação
  • Revalidação de Diploma Estrangeiro
  • Revalidação de Diploma no Exterior
Prev
123
0
Clique aqui para fazer um comentário nesse post.x
× Como posso te ajudar?