Revalidação de diploma médico na Espanha: Como funciona?

Médico na revalidação de diploma médico na Espanha

Migrar para um país com uma realidade econômica melhor que a do Brasil é um sonho para muitos, por vezes, representa uma oportunidade de melhoria para toda a família.

 

Mas você médico sabe qual o melhor caminho para exercer a medicina na Espanha sem ter que fazer uma nova graduação? Quais são os requisitos e procedimentos necessários?

 

Se você tem qualquer uma dessas dúvidas ou gostaria de conhecer mais sobre as suas possibilidades, então fique comigo, pois irei te contar tudo sobre como revalidar o seu diploma médico na Espanha em 2022. 

 

Leia este artigo para entender sobre:

 

  • 1- Como validar o diploma de medicina para trabalhar na Espanha?
  • 2- Qual a documentação necessária para a revalidação do diploma médico na Espanha?
  • 3- Como funciona a revalidação de diploma médico na Espanha?
  • 4- Forma de revalidação de diploma médico na Espanha
  • 5- E se eu tenho uma especialidade, como ela fica no processo de revalidação de diploma médico na Espanha?
  • 6- Conclusão.

1- Como validar o diploma de medicina para trabalhar na Espanha?

Antes de mais nada é necessário eu te contar que o órgão responsável por validar os diplomas de medicina na Espanha é o Ministero della Salute, que é o equivalente ao Ministério da Saúde aqui no Brasil.

 

Agora, é importante que o médico reúna toda a documentação necessária e faça a tradução juramentada e o apostilamento.

 

A tradução juramentada é a tradução dos documentos necessários para, no caso, o Espanhol, esse tipo de tradução é realizada por órgãos oficiais aqui no Brasil e são reconhecidos na Espanha.

 

O profissional responsável por fazer a tradução é o tradutor juramentado, é um tradutor credenciado através de concurso público e que possui competência para traduzir os seus documentos de maneira que sejam internacionalmente reconhecidos.

 

Lembrando que o Ministério da Educação só aceita documentos traduzidos de forma oficial, então ATENÇÃO! Traduções simples não serão aceitas e ocasionarão o indeferimento do seu pedido.

 

Já o apostilamento é a obtenção de um certificado que garante que os seus documentos são legítimos perante os países que assinaram a convenção de Haia, que é o caso da Espanha.

 

Toda a legalização dos documentos pode ser feita ainda no Brasil.

2- Qual é a documentação necessária para a revalidação de diploma médico na Espanha?

  • Formulário com a solicitação de homologação;
  • Passaporte original e cópia autenticada;
  • Diploma de Medicina brasileiro original e cópia autenticada com tradução juramentada feita na Espanha;
  • Histórico escolar do curso de Medicina com tradução juramentada;
  • Conteúdo programático das disciplinas com tradução juramentada;
  • Certificado DELE de domínio da língua espanhola;
  • Autorização de residência;
  • Pagamento da taxa de 49,27€.

Sempre é importante ressaltar que os seguintes documentos devem estar traduzidos por um tradutor juramentado e apostilados de acordo com as diretrizes da Convenção de Haia, no momento do pedido.

 

  • Diploma de Medicina brasileiro original e cópia autenticada com tradução juramentada feita na Espanha;
  • Histórico escolar do curso de Medicina com tradução juramentada;
  • Conteúdo programático das disciplinas com tradução juramentada;

3. Como funciona a revalidação de diploma médico na Espanha?

3.1 Métodos de revalidação de diploma médico na Espanha

A revalidação de diploma médico na Espanha pode ser realizado por dois métodos diferentes: Convalidação e Homologação

 

A diferença entre essas duas formas de revalidação está no seu objetivo: a convalidação é focada no reconhecimento dos estudos de quem estudou fora da Espanha e gostaria de terminar os estudos aqui.

 

3.1.1. Convalidação

A convalidação é a forma de revalidação para quem deseja continuar os Estudos na Espanha, pois a convalidação não permite trabalhar na Espanha.

 

Ao final da convalidação será emitido um novo diploma espanhol.

 

3.1.2. Homologação

Já a homologação é centrada nos profissionais que já concluíram a formação no Brasil e desejam e querem adquirir o direito de exercer a profissão na Espanha. 

 

Neste caso, a depender da universidade escolhida e da grade curricular do profissional, podem ser exigidas provas ou formação complementar, mas não o cumprimento de matérias.

 

Ao final da homologação o diploma continuará sendo brasileiro, mas com validade em todo território Espanhol.

 

Outro ponto importante de diferença entre os métodos de revalidação é que a homologação é feita diretamente com o Ministério da Educação espanhol, enquanto a convalidação é feita diretamente com uma Universidade espanhola de livre escolha.

4. Formas de revalidação de diploma médico na Espanha

Ainda falando sobre escolhas na hora da revalidação do diploma na Espanha, temos mais duas escolhas: a revalidação por equiparação e por homologação.

 

4.1. Por equiparação

A revalidação feita por equiparação é mais simples, não leva em conta a carga horária e nem o conteúdo cursado. Resulta em uma simples declaração de validade da sua formação em ensino superior.

 

É indicado para quem precisa tomar posse em algum concurso, cargo público ou bolsa de estudos que tenham como requisito a necessidade de ser portador de um diploma de um ensino superior, mesmo que não espanhol.

 

Porém, esse tipo de revalidação não vai te autorizar a atuar como médico na Espanha, apenas te certificar que o seu nível educacional é de ensino superior, é uma solução simples, rápida, pouco burocrática, mas bem limitada e aplicada a casos bem específicos.

 

4.2. Por Homologação

A revalidação realizada por homologação é aquela que tem como objetivo analisar a compatibilidade entre o diploma brasileiro e o que é emitido na Espanha.

 

Por isso, a análise é mais profunda do que quando feito pela equiparação, já que neste caso é analisado a grade curricular, graus de aprovação e compatibilidade entre as ementas das disciplinas.

 

Após esse processo o revalidante terá acesso ao seu diploma totalmente equiparado com o diploma emitido pela Espanha, inclusive com o direito de se cadastrar junto ao órgão regulador da medicina na Espanha e assim obter autorização para exercer a profissão em território espanhol.

 

Por esse tipo de revalidação ser muito criteriosa sempre recomendo aos nossos clientes, ter muito cuidado com os documentos e a comprovação da compatibilidade da carga horário, pois geralmente é o que dá mais problema.

 

Dá revalidação por homologação, podem ser proferidos três pareceres:

 

  1. Homologação deferida diretamente
  2. Requisição de formação complementar ou realização de provas;
  3. Homologação deferida em nível diferente.

Com o diploma revalidado em mãos ainda há um passo a ser feito, que é o cadastro no órgão regulador da profissão.

 

É possível trabalhar em outros países da União Europeia com o diploma revalidado na Espanha?

 

Isso é o que iremos responder em seguida.

 

É possível trabalhar em outros países da União Europeia com o diploma revalidado na Espanha?

A resposta é depende!

 

O primeiro ponto a ser considerado é que você estando na Espanha, você faz parte da União Europeia, que é um bloco econômico que permite a livre circulação de pessoas e bens entre seus países membros.

 

A consequência disso é que você pode trabalhar em um país diferente do que o que você tem nacionalidade ou visto sem problemas, desde que o país escolhido autorize, pois nem todos dão essa concessão.

 

O segundo ponto é observar se a vaga pretendida por vocês exige o diploma revalidado ou basta somente o cadastramento no órgão regulador da profissão do país, pois em determinados casos é possível se cadastrar no órgão regulador, mesmo não revalidando o diploma naquele país em específico.

 

Então, a resposta para essa é pergunta é depende, depende das exigências do país que você está pensando em trabalhar.

 

Procure sempre um especialista na área, pois ele estudando o seu caso poderá te dar as melhores orientações que nortearão as suas escolhas. 

5. E se eu tenho uma especialidade como ela fica no processo de revalidação de diploma médico na Espanha?

O pré-requisito para exercer a especialidade médica na Espanha é realizar a residência médica no país, para isso é necessário realizar o exame MIR.

 

O exame MIR é o que habilita ao médico estrangeiro ou espanhol ser aceito pelo sistema de saúde da Espanha. 

 

O exame consta de 225 questões múltipla escolha de conhecimento específico de medicina e compõem 90% da nota, sendo os outros 10% referentes ao desempenho acadêmico pregresso do candidato.

 

Após a realização do exame, todos os alunos são ordenados a partir do grau obtido e fazem as escolhas de acordo com as vagas disponíveis anualmente para cursar a residência médica espanhola.

6. Conclusão

O principal intuito do presente artigo é esclarecer de forma objetiva como está o processo de revalidação de diploma de médico na Espanha.

 

Como você pode perceber o processo de revalidação tem inúmeros detalhes, que por sua vez, podem trazer dúvidas e inseguranças, consequentemente levando o profissional a possíveis equívocos.

 

Infelizmente não é incomum que muitos médicos percam a chance de exercer o seu trabalho na Espanha por não conhecer a lei, ou pior não se atentar para os detalhes e requisitos dela. As aberturas dos processos de revalidação acontecem em momentos específicos do ano, então um erro pode atrasar um ano da sua vida.

 

Por isso é muito importante saber sobre o assunto e estar atento a todos os requisitos do processo, para que não ocorram erros e a perda da chance de trabalhar com o que se ama em um novo país.

 

A ajuda de uma profissional da área traz possibilidades que você talvez não saiba! Pois esta já possui mais intimidade com o assunto de modo que o acompanhamento desta profissional, garantem tranquilidade e assertividade ao revalidar o seu diploma de medicina.

 

Qualquer dúvida que você tenha sobre o assunto, continue conosco temos outros artigos e guias que exemplificam melhor a questão da revalidação de diploma médico na Espanha.

5 1 Votar
Classificação do Post
Inscreva-se
Notificar de
guest
4 Comentários
Mais antigo
O mais novo Mais votados
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo
Paulo
1 ano atrás

Achei q fariam contato pois preenchi formulário ontem

Henrique
Admin
Responder a  Paulo
1 ano atrás

Bom dia Paulo! Tudo bem?

Nossa equipe já entrará em contato com o Sr.

Por conta do cenário político eminente, estamos recebendo muitos contatos e solicitações de pessoa desejando internacionalizar a carreira e garantir segurança para a família, por isso nossa equipe está trabalhando a toda potencia para atender a todos.

Entraremos em contato em breve através do seu e-mail.

Andréa
Andréa
1 ano atrás

Gostaria de mais informações, neste caso um brasileiro formado em medicina em Cuba

Você também pode se interessar por:

  • All
  • Direito Imobiliário
  • Direito Militar
  • Homologação de Sentença Estrangeira
  • Outras áreas de atuação
  • Revalidação de Diploma Estrangeiro
  • Revalidação de Diploma no Exterior
trabalhar como dentista na Itália

1- POR QUE VIVER E TRABALHAR COMO DENTISTA NA ITÁLIA? Todos sabem que a Itália é referência em saúde, educação, segurança e qualidade de vida.  O país atraí profissionais do mundo todo que desejam ter uma carreira mais valorizada e maior qualidade de vida com a sua família, sendo possível equilibrar trabalho e lazer. Isso também é válido para o campo da Odontologia.  Além de haver um vasto…

como ser dentista na italia

Se você é dentista no Brasil e está insatisfeito com as condições de trabalho, segurança e qualidade de vida pode estar se perguntando sobre como ter uma carreira mais valorizada. Mas você sabia que é possível exercer a sua profissão na Itália sem ter que fazer uma nova faculdade para isso? Pois é!  A Itália assim como outros países da Europa possuem muito interesse em profissionais estrangeiros para…

Médico brasileiro recebendo suporte jurídico para exercer a medicina na Itália, simbolizando a transformação de carreira.

Você, médico que se sente frustrado com as condições de trabalho no Brasil, já imaginou um futuro onde suas habilidades são plenamente valorizadas e você pode exercer a medicina na Itália?  A realidade é que muitos profissionais da saúde brasileiros enfrentam desafios sérios, como sobrecarga de trabalho, baixos salários e ambiente estressante. A boa notícia é que há uma solução viável: a Itália, um país que oferece oportunidades…

Prev
123
4
0
Clique aqui para fazer um comentário nesse post.x
× Como posso te ajudar?