Como participar do revalida sem ter o diploma em 2023?

revalida sem ter o diploma

O estudante que termina o seu curso superior no exterior não pode exercer a profissão automaticamente no Brasil.

 

 

Isso porque os sistemas de ensino são diferentes e portanto, o Ministério da Educação e Cultura (MEC) brasileiro exige que o profissional passe por um processo de revalidação.

 

 

Os profissionais formados em medicina possuem dois métodos de revalidação: a tramitação simplificada e o revalida.

 

 

O Revalida é um processo de revalidação regulado pelo INEP ( Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) e consiste na inscrição e realização de provas teóricas e práticas, abre inscrições duas vezes ao ano e possui entre seus requisitos que o candidato possua o diploma expedido pela instituição estrangeira em mãos já no momento da inscrição;

 

 

O que gera dúvidas, como:

 

 

  • O que eu faço se eu já me formei, mas a universidade ainda não expediu o diploma?
  • O meu certificado de horas vale para a inscrição no Revalida?
  • O que eu posso fazer para não perder o exame?

Se você tiver alguma dessas dúvidas, fique tranquilo! Pois iremos abordar a solução nesse artigo.

1- A solução para a inscrição no revalida, mesmo sem ter o diploma.

A solução para os profissionais que desejarem realizar o revalida sem ter o diploma em 2023 é a via judicial.

 

 

Conforme já decidido pela Justiça Federal é permitido ao profissional que ainda não tenha o diploma se inscrever para o revalida e para isso é necessário cumprir dois requisitos: ter mãos o certificado de conclusão do cursou e estar próximo de ter o seu diploma expedido.

 

 

Assim confirma decisão da Justiça Federal:

 

 

“Perfilhando do mesmo entendimento, pondero razoável a concessão de autorização para que o candidato com formação em medicina em universidade estrangeira, até o momento sem a posse do diploma, submeta-se ao Revalida, edição 2023/1. A autorização não importa nenhum prejuízo à instituição requerida ou aos demais participantes do exame, considerando que a submissão à prova apenas afere conhecimentos e habilidades dos candidatos”. 

 

 

Dessa forma, os profissionais que decidirem podem participar do revalida sem ter o diploma através de sentença liminar.

 

 

Pois a justiça entende que o direito de participar do certame deve ser concedido, pois a pena para o profissional é ter de esperar mais 6 meses até a abertura do próximo edital, sem garantias.

 

 

Isso significa um prejuízo estimado em mais de 60 mil reais.

02- Eu preciso de um advogado especialista?

A resposta é sim!

 

Como a solução para quem ainda não tem o diploma e deseja realizar o revalida é judicial, então será necessário o auxílio de um advogado.

 

E aqui vai uma dica!

 

De preferência a um profissional especialista em revalidação de diploma, pois esses advogados já estão acostumados com os detalhes da revalidação de diploma estrangeiro no Brasil, o que traz dois benefícios: maior rapidez e maior assertividade no seu processo. 

 

E aqui celeridade é a chave, por ser uma ação liminar que possui prazo apertado pelo prazo de inscrição do concurso é uma decisão que o juiz profere rapidamente, mas se houver um erro pode pôr tudo a perder e você ficar sem a chance de participar do revalida.

 

Chato não?

 

Então a minha dica é que você tenha muito cuidado na hora de contratar o profissional que vai te ajudar.

 

Ficar longe da família e impossibilitado de trabalhar é frustrante e eu sei.

03 - Como o escritório Albieri Advocacia pode me ajudar a participar do revalidar sem ter o diploma em mãos?

Nós do Albieri Advocacia somos um escritório de advocacia especializado em direito e revalidação de diplomas estrangeiros no Brasil. 

 

 

Temos experiência de 08 anos ajudando médicos e profissionais estrangeiros a revalidar o seu diploma no Brasil e na Europa.

 

 

Com isso, elaboramos uma metodologia de trabalho totalmente voltada para você, pois a sua história importa e muitas vezes ajuda na sua revalidação.

 

 

Em se tratando de medida judicial, estamos com uma equipe de prontidão para te atender e agilizar o seu processo para que você participe do revalida mais próximo, mesmo sem o diploma em mãos.

 

 

Mas lembre-se! Você precisa apresentar o diploma até o fim do processo de revalidação.

 

E não confunda!

 

 

Não são aceitos os certificados de conclusão, declaração da universidades estrangeiro e nem histórico escolar. Apenas o diploma!

04- Conclusão

Através deste conteúdo, você conseguiu entender melhor sobre a importância do advogado especialista na hora de assegurar a sua participação no Revalida, caso o seu diploma ainda não tenha sido emitido.


Além disso, você aprendeu sobre o maior erro que as pessoas costumam cometer! Dão preferência a profissionais que não são especialistas e que muitas vezes nem sabem o que estão fazendo.

 

Por fim, eu te dei dicas de ouro sobre como escolher o melhor advogado para o seu caso e te expliquei como funciona a nossa assessoria.

 

E aí, gostou do conteúdo? Conhece alguém que está na luta para participar da próxima revalida?

 

Então envie o link deste conteúdo para a pessoa.

 

Às vezes o seu conhecido está com dúvidas e este conteúdo pode auxiliar.

 

Agora vou ficando por aqui.

 

Até a próxima 

0 0 Votos
Classificação do Post
Inscreva-se
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais antigo
O mais novo Mais votados
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rodrigo
Rodrigo
1 ano atrás

Olá Tamires! Faltam um ano e meio para conclusão do meu curso de medicina no Exterior! Estou buscando informações mais concretas a respeito da revalidação seja pelo Revalida ou Simplificada! Lendo seus informes e tomando certo embasamento! Obrigado por compartilhar estas informações! Em breve entrarei em contato para analisarmos o meu caso! Muito obrigado!

Você também pode se interessar por:

  • All
  • Direito Imobiliário
  • Direito Militar
  • Homologação de Sentença Estrangeira
  • Outras áreas de atuação
  • Revalidação de Diploma Estrangeiro
  • Revalidação de Diploma no Exterior
Como Revalidar seu Diploma na Espanha

Imagine viver em um país onde a qualidade de vida é exemplar, a segurança é prioridade e as oportunidades de carreira são infinitas. Agora, imagine que tudo isso está ao seu alcance, mas depende de um passo crucial: a revalidação do seu diploma. Se você acha que esse processo é complicado, burocrático e quase impossível de ser concluído, continue lendo. Vamos revelar o segredo que está transformando a…

Médico brasileiro pode trabalhar na Espanha

Uma das perguntas que mais recebemos pelos nossos clientes aqui do Albieri advocacia é: “Médico brasileiro pode trabalhar na Espanha?”.  Quando a maioria dos médicos pensa em uma carreira internacional, as dúvidas  vêm logo à tona – o que é super compreensível, pois estamos falando de uma mudança de vida 360 graus. Portanto, se você sonha com uma carreira internacional, tem dúvidas sobre  o caminho mais seguro para…

06 Passos para ser médico na Itália

Todo ano, milhares de pessoas se formam em medicina no Brasil, muitas delas buscando melhores condições de vida e exercer a tão sonhada medicina. Ocorre que nem sempre a conclusão da universidade se traduz em viver o sonho, logo os plantões extenuantes, a desvalorização e a insegurança se impõe em um rotina sufocante. Nesse caso, compreender as alternativas é um grande diferencial a quem deseja viver bem e…

Prev
123
2
0
Clique aqui para fazer um comentário nesse post.x
× Como posso te ajudar?